Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Outubro, 2005

Anúncios

Read Full Post »

… hoje decidi que não havia nada melhor do que partilhar, e como tal decidi ir passear-me por aqueles ambientes artificiais.

… E lá fui eu até ao GaiaShopping, passear este meu nariz-que-agora-é-mais-uma-fonte-de-água-transparente, em busca de qualquer coisita que me animasse…

… e lá encontrei um pijaminha lindo só pra mim, e umas canequinhas para beber o cházinho… vamos ver se isto passa ou não passa! Pufff

Read Full Post »

Uma vez que ando por casa feita velhota em estado terminal, a pensar a quem vou deixar os meus livros e cd’s quando esta estúpida pseudo gripe das aves me levar, acabo por ocupar o tempo a pensar em coisas estúpidas – como é, por exemplo, dar notas aos exemplares masculinos que andam a vaguear lá pela escola este ano…
Ora, depois de um cuidadoso e imparcial exame, acabei por ser obrigada a admitir que o único exemplar masculino que tem realmente interesse – no meu mais do que humilde ponto de vista, claro! – é o colega T.: há nele loucura, rebeldia e mistério q.b. … quanto ao resto, não sei… pode ser que ainda descubra…

Read Full Post »

"#$%&@#-$%"

… estou completamente ranhosa, fanhosa, furiosa, e muitas mais coisas terminadas em “osa”… por mais indecentes ou obscenas que sejam… (quero lá saber! Ufff)

Read Full Post »

Ao som de…

A …sala de fumo… estará temporariamente ao som incompleto de “the way we get by”, spoon…

Read Full Post »

Que as pessoas são uns seres muito peculiares, toda a gente sabe. Até parece mais uma daquelas frases de porcaria que se utilizam para fazer conversa (rectificando, que se utilizam para fazer conversa-parva, quando não há mais nada para dizer, mas quando o silêncio é tão constrangedor que até dizer que o tempo está uma porcaria é fazer conversa-parva). Portanto, continuamos na mesma…

Que, particularizando, os homens são umas criaturinhas deveras curiosas, também toda a gente sabe. Agora, que podem ter atitudes que nos fazem ficar de “boca aberta” (por mais desagradável e/ou anti-higiénico que isso seja…) … isso é que me espantou, chocou, revoltou, e todos os afins que lhe possam ser associados.

Vamos ao caso:

O colega “x” aparece na escola. Apresenta-se. É suficientemente extrovertido para começar logo a fazer conversa, a tentar conhecer as pessoas… e uma vez que precisa de quarto, vai falando… O animado e “in” grupo de colegas lá do sítio falam-lhe, com demasiado entusiasmo, acerca da possibilidade de ele ficar em casa deles, no quarto que há lá ainda vazio. Tudo parece perfeito. De repente…. surgem rumores… boatos… más-línguas… “um amigo de um amigo do amigo ouviu dizer a um amigo do amigo que…. o colega “x” – sim!, aquele gajo porreiro que vai ficar lá na nossa casa – “se metia na charrada”. E é a catástrofe… o horror… a tragédia… O colega porreiro que ia ficar lá em casa (sim, “ia”, já não vai – é claro que fizemos uma chantagenzita com o senmhorio!) afinal é um… é um….

Bem… resumindo e concluíndo… as coisas para o colega “x” (ou seja, o “ex-porreiro”) não estão nada fáceis…

E a forma como eu vejo agora os colegas do animado e “in” grupo “y” é ainda mais suspeita do que era há uma semana atrás… Parece-me que foram cobardes. Uma atitude exemplar… negativamente exemplar…. afinal, não há nada pior do que ir pela conversa dos outros, seguir aqueles deprimentes “diz-que-disse” que fazem de qualquer santo a encarnação mais assustadora do demónio…

Read Full Post »

……

Post Secret

Read Full Post »

Older Posts »